,
|

MECÂNICA/EXPOTRANSPORTE/LOGISTICA: Lisboa eleva patamar de êxito dos negócios sobre rodas

Sucesso. Satisfação. Êxito. Ultrapassou as melhores expetativas a sétima edição da MECÂNICA – Salão do Equipamento Oficinal, Peças, Mecânica, Lubrificantes, Componentes e Acessórios para veículos ligeiros e pesados, que decorreu em conjunto com a  EXPOTRANSPORTE - Salão Ibérico de Veículos Pesados e Ligeiros de Mercadorias e de Passageiros e a LOGÍSTICA - Salão de Logística, Manutenção e Serviços, e que, organizada pela Exposalão, teve lugar entre 24 e 26 de novembro, na Feira Internacional de Lisboa.

A nova localização permitiu ao certame elevar o patamar e ganhar dimensão a caminho da internacionalização.

Um sucesso que ultrapassou todas as previsões e permite à Exposalão olhar com muito otimismo para a próxima edição que se prevê que venha a ter ainda maior êxito.

Foram mais de 25 mil visitantes profissionais que contactaram de perto com a dinâmica destes setores e, no final, era notória a satisfação dos 170 expositores presentes que já manifestaram intenção de assegurar lugar na próxima edição.

 

A feira tinha acabado de abrir as portas, na sexta-feira, dia 24, e a área de exposições parecia já pequena para a afluência de visitas que se verificava. Uma verdadeira enchente que se foi repetindo nos dias seguintes, até ao encerramento das portas. Apesar de ter um dia a menos que as anteriores edições, a feira conseguiu atrair ainda mais público. Foram mais de 25 mil os que passaram pela área de exposições, oriundos de vários pontos do País, mas também de Espanha, Itália, Suíça, França, Holanda, México, Guiné, Bulgária, Rússia, Brasil, Dubai, China e até Israel.

Este sucesso em muito se deveu ao novo sistema de credenciação de visitantes, ao qual aderiram mais de 8 mil profissionais. Esta solução inovadora provou ser uma enorme vantagem, quer para os visitantes, quer para os expositores.

Ao fazer o seu registo online, o visitante obteve no seu email uma credencial de acesso. Após o check-in na feira, a credencial recebeu um chip, validado posteriormente no stand dos expositores. Dessa forma, cada visitante pode passar a receber, comodamente por email, toda a informação relativa a cada expositor, como produtos, serviços, etc.  

As vantagens para o expositor são também evidentes: com esta solução rentabiliza a sua presença em feira, aumentando a base de dados e podendo futuramente comunicar com os visitantes que passaram a sua credencial no leitor alojado no stand, garantindo que a informação chega ao visitante, reduzindo gastos com a informação em papel e merchandising.

Um sistema único e inovador que provou ser uma mais-valia.

 

Outro dos fatores a contribuir para este êxito foi a diversidade de áreas e equipamentos presente em cada stand, centrada, sobretudo, nas novas tecnologias aplicadas quer ao setor oficinal, do aftermarket, quer dos transportes e logística. Uma feira muito completa que conseguiu demonstrar a inovação e dinâmica destes setores. No final, os expositores mostravam-se agradados com os "excelentes contactos" realizados e que se traduziram na possibilidade da concretização de bons negócios.

 

José Frazão, diretor geral da Exposalão, salienta que este notório crescimento registado nesta feira se deve também à mudança de localização para Lisboa. Uma mudança que, sublinha, "foi muito bem acolhida por expositores e visitantes".

"Lisboa é, notoriamente, uma aposta ganha. Nesta nova localização, que é, atualmente, o centro nevrálgico do setor oficinal e do aftermarket, conseguimos catapultar o dinamismo das empresas, as suas novidades, estabelecer novos contactos e parcerias e, claro, proporcionar a concretização de negócios de excelência", considera, afirmando-se "muito satisfeito" com o êxito do certame que, assegura, "vai repetir-se e com enormes expetativas de crescimento no próximo ano".

"Mecânica, Aftermarket, Transportes e Logística são um excelente exemplo de setores de sucesso porque têm sabido, com mestria, trabalhar e crescer em parceria. Esta edição da Mecânica/Exportansporte/Logística refletiu isso mesmo", afirma.

José Frazão sublinha, ainda, ter registado "com agrado" que grande parte dos que visitaram o certame eram, para além de profissionais muito interessados, "jovens quadros das empresas".  

 

Mais do que uma exposição, esta edição assumiu-se como um salão muito profissionalizado.

Em paralelo com a feira, decorreram vários workshops e conferências, organizados quer pelas associações parceiras na organização, quer pelos expositores, que procuraram dar a conhecer as mais recentes novidades do setor. Foram eventos muito participados, com grande adesão nas várias sessões que acompanharam, quase em contínuo, o horário da feira.

Reunindo fabricantes, importadores e distribuidores este certame teve presentes mais de 170 expositores: os principais fabricantes, importadores e representantes das áreas de mecânica e peças, acessórios, reparação e manutenção, estações de serviço e lavagens de carros e de software de gestão de oficinas, associações e imprensa especializada, profissionais do setor,  veículos, pneus, GPS, lubrificantes e combustível, mas também sistemas de manutenção e logística, sistemas de movimentação de carga, contentores, tabuleiros, paletes, estanteria, armazéns inteligentes, equipamento de armazenamento, sistemas de armazenamento, armazéns, gestão de frotas, transitários, despachantes e seguradores, abarcando todo o leque da Mecânica, Transporte e Logística.

 

A Exposalão teve como parceiras na organização as principais associações do setor automóvel em Portugal: Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA) e Associação Nacional do Ramo Automóvel (ARAN), Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas (ANTP).

Contou ainda com o alto patrocínio do Banco Popular-Grupo Santander.

Direções para Exposalão

Image